PERGUNTAS FREQUENTES

1. Como posso adquirir um produto Disruptura?

Faça o exame obstétrico 3D em um laboratório credenciado. Após a aquisição das imagens 3D, solicite ao laboratório que envie as imagens à Disruptura. Você receberá um e-mail avisando que as imagens foram enviadas. Depois, é só acessar o site e comprar a obra de arte de sua preferência.

Outra opção é você solicitar as imagens para o laboratório e então enviar à Disruptura pelo site, após efetuar a compra.

2. Que tipo de arquivo é aceito para a realização de uma obra de arte Disruptura?

Aceitamos todo tipo de arquivo que representa um bebê, gerados nos diferentes equipamentos de ultrassonografia.

Arquivos do tipo DICOM (dcm), 4dv, mvl, STL e .vol são ideais para a realização da obra de arte 3D, pois possuem as informações volumétricas necessárias.

Arquivos do tipo JPEG, TIFF, AVI ou MPG não possuem informações volumétricas. A Disruptura nesta situação irá criar profundidade e informações volumétricas 3D nestes arquivos, por meio de recursos tecnológicos próprio.

3. Não tenho uma imagem de todo o rosto do meu bebê. Vai dar certo fazer uma obra de arte Disruptura?

Esta situação é muito comum. A maior parte das vezes não é possível obter em um exame obstétrico 3D a imagem de todo o rosto do bebê. As imagens geralmente possuem a mão, pé ou a placenta na frente do rosto. Em nosso laboratório de tecnologia da imagem conseguimos excluir todas as partes que estão na frente do rosto do bebê ou fazer com a mão ou o pé na frente se os pais preferirem.

Após excluir as partes que estavam na frente do bebê, amplificamos sinais no bloco 3D.  Podemos também utilizar outras imagens 3Ds enviadas, para completar as partes do rosto que não estavam representadas na imagem inicial.

Além dos recursos acima citados, outras tecnologias são aplicadas, para enfim, uma obra de arte única e personalíssima seja criada.

4. Os produtos Disruptura podem ser utilizados para diagnóstico médico?

Os produtos Disruptura não podem ser utilizados para Diagnóstico médico. As imagem são editadas por programas e então por profissionais que não são médicos.

Por exemplo: se o bebê apresentar alguma malformação, como por exemplo lábio leporino, pode acontecer do programa ou profissional corrigir o lábio do bebê, achando que era algum defeito na aquisição da imagem.

Impressões para diagnósticos médicos podem ser realizadas, mas necessitam de contato prévio por meio do e-mail.

impressaorealista@disruptura.com.br

Assunto: Impressão realista para diagnóstico médico.

Explicar no e-mail a necessidade da impressão realista para o diagnóstico em questão. Encaminharemos o contato para nossa equipe de consultoria em medicina fetal, que irá entrar em contato para discussão do caso e alinhamento de expectativa.

5. Meu bebê 3D impresso será igual ao nascimento?

Diversos fatores fazem com que a impressão 3D seja um pouco diferente do bebê ao nascimento. As principais são:

Baixa qualidade na imagem que contenha as informações da face do bebê.

A aparência do bebê muda a cada semana da gravidez, se a imagem ultrassonográfica foi adquirida muitas semanas antes do nascimento a diferença será maior.

Os bebês nascem com cabelos e nas impressões 3Ds os bebês não possuem cabelos. Um dos critérios que o cérebro utiliza para avaliar semelhança é o tipo e o tamanho dos cabelos. Tente lembrar de alguém conhecido que raspou o cabelo e você perceberá quão diferente ficou a pessoa.

6. Quais os fatores que influenciam a qualidade da imagem 3D durante um exame obstétrico?

Os principais fatores são o equipamento utilizado, a experiência do médico, a quantidade de líquido amniótico, posição da placenta, posição do bebê e obesidade materna. Algumas vezes dependendo destas variáveis, o médico pode não conseguir imagens do bebê.

7. Fiz a compra no site mas não consigo imagens 3D para realizar uma obra de arte Disruptura. O que fazer?

Quando o laboratório não consegue imagens 3D, seja pela posição do bebê, ou por qualquer outro motivo, a repetição do exame facilita a possibilidade de aquisição de imagens 3D.

Mesmo que os arquivos médicos não demonstrem o bebê claramente, pela interposição de membros ou pela placenta, é possível que nosso laboratório de tecnologia da imagem consiga diversas informações do rosto do bebê nos arquivos enviados, especialmente nos casos em que temos mais de um arquivo 3D, com diferentes partes do rosto armazenadas. Nestes caso é possível uma obra de arte Disruptura.

Se você não conseguiu imagens 3D, você pode solicitar devolução total do valor pago, até 7 dias da data da compra.

8. Ganhei um vale presente. Como posso usá-lo?

Escolha a obra de arte de sua preferência e no momento do pagamento digite o código do vale presente. Caso o valor do vale presente seja menor que o valor da obra de arte, a diferença poderá ser paga sem qualquer dificuldade.

Caso o valor presente tenha um valor maior que a obra de arte escolhida não será efetivado qualquer devolução financeira da diferença. Também não é gerado qualquer tipo de crédito, para ser utilizado em uma data futura.

9. Quero presentear uma pessoa com vale presente. Como posso fazer?

Compre o vale presente com o valor escolhido. O valor escolhido poderá ser utilizado para a aquisição de qualquer produto do site.

Caso o valor do vale presente seja menor que o valor da obra de arte escolhida no momento da utilização, a diferença do valor poderá ser paga por quem recebeu o vale presente sem qualquer dificuldade.

Caso o valor presente tenha um valor maior que a obra de arte escolhida, não será efetivado qualquer devolução financeira da diferença. Também não é gerado qualquer tipo de crédito, para ser utilizado em uma data futura.

10. Como posso pagar uma obra de arte Disruptura?

Você pode pagar por boleto, cartão de débito ou parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito.

11. Posso fazer uma obra de arte customizada?

Existe a possibilidade de uma obra de arte customizada. Nesse caso, entre em contato com a nossa central de atendimento no e-mail:

domeujeito@disruptura.com.br

Explique detalhadamente o que você deseja e então retornaremos para alinhar as expectativas e passar um orçamento.

12. Qual a melhor idade gestacional para realizar exames 3D?

Durante toda a gestação é possível realizar exames 3D, e documentar as mudanças que ocorrem durante as diferentes semanas.

O exame pode ser realizado desde o início da gestação, mas para identificação do corpo todo, idealmente não deve ultrapassar a 14º semana.

É possível perceber ao longo da gestação as mudanças na face do bebê, especialmente por conta do aumento da gordura que ocorre ao longo das semanas. O bebê com 28 semanas é bem diferente de um bebê com 38 semanas.

É possível ter diferentes lembranças ao longo da gestação.

Recomendamos que os exames 3D para face, seja realizado entre a 20º semanas até a 34º semana, pois é mais fácil adquirir boas imagens, embora o exame possa ser realizado até na véspera do nascimento.

Exames de ressonância magnética não fazem parte da rotina obstétrica, possuem indicação médica precisa e não se recomenda realizar um exame com a única finalidade de uma impressão 3D. Caso você tenha realizado um exame de ressonância magnética por alguma indicação médica, faremos a avaliação do arquivo para viabilidade de realizar uma obra de arte Disruptura.

13. Após a conclusão do processo de edição de imagens. Posso ter uma cópia deste arquivo?

O arquivo é de propriedade intelectual da empresa e poderá ser utilizado por você para compra de novos produtos no futuro, por este motivo não disponibilizamos o arquivo.

FALE CONOSCO
contato@disruptura.com.brRua Piracuama, 327 . Perdizes05017.040 . São Paulo/SP

Logotipo Disruptura